Disponibilidade

Abaixo está uma lista com informações do quarto.
  • Duplo

    Café da manhã oferecido como cortesia

    + Informações / Valor
    Máx:

    Instalações no quarto: Ar Condicionado, Banheiro, Escrivaninha, Frigobar, Guarda-Roupas, Telefone, Televisão, WiFi

    O Casa Verde Duplo oferece todo seu conforto e aconchego com 2 camas de solteiro, ar condicionado split, banheiro, escrivaninha, guarda-roupas, telefone para comunicação interna, televisão LCD 29 polegadas (com TV a Cabo), frigobar e WiFi de 35 Mega.

    Banheiros:

    BANHEIRO-002BANHEIRO-001

     

    Tamanho de cama: normal

    Tamanho do quarto (m²): 15

Geral

O Casa Verde Duplo oferece todo seu conforto e aconchego com 2 camas de solteiro, ar condicionado split, banheiro, escrivaninha, guarda-roupas, telefone para comunicação interna, televisão LCD 29 polegadas (com TV a Cabo), frigobar e WiFi de 35 Mega.

Check-in

Entrada às 14:00h

Check-out

Saída às 12:00h

Cancelamento / Pré Pagamento

-

Criança e cama extra

R$ 25,00 por cama extra.

Animais

Animais de estimação não são permitidos.

Aceitamos cartões

American Express, Visa, Euro/Mastercard, ELO.

Instalações

  • Ar Condicionado
  • Banheiro
  • Escrivaninha
  • Frigobar
  • Guarda-Roupas
  • Telefone
  • Televisão
  • WiFi

Atividade

Café da manhã oferecido como cortesia. Possuímos ainda um auditório de 30 metros quadrados para showroom, palestras, reuniões de negócios com capacidade para 25 pessoas, equipado com cadeiras acolchoadas com suporte para escrever, além de projetor, frigobar e ar condicionado. Maiores informações acesse o menu "Área para Eventos".

Internet

Internet WiFi 35 Megas.

Estacionamento

Disponibilizamos estacionamento em frente a pousada monitorada por câmeras 24 horas.

Comente e compartilhe nas Redes Sociais

Comentário(s)

Comentários

Colatina

Colatina

Morar em Colatina representa viver em uma cidade que oferece o conforto dos grandes centros do país, com a vantagem de não conviver com a violência. O bucolismo está presente no município. O ar interiorano é o principal charme. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) que em 1970 era de 0,425, em 2013 já atinge a 0,746. Os colatinenses são hospitaleiros e recebem os visitantes “ como se fossem velhos amigos ”.

São comuns os passeios e reuniões nas diversas praças da Princesinha do Norte. Uma delas, a Praça Sol Poente, é o principal centro de lazer e cultura, onde acontecem os mais variados eventos. Neste local é realizado, nos finais de semana , uma feira de artesanato e de comidas típicas, conhecida como Projeto Coisa Nossa.

Colatina é um pólo regional de referência em saúde de toda a macrorregião Noroeste do Estado. Um importante centro de atendimento médico-hospitalar que possibilita a realização de tratamentos , desde a atenção básica até exames de alta complexidade.

Formam este pólo oito hospitais, 30 unidades de Saúde municipais, 12 laboratórios de clínica e patologia, oito clínicas de radiologia, dois centros de hemodiálise, um Centro Regional de Especialidade, um hemonúcleo, um Centro Municipal de Vigilância em Saúde.

As inúmeras conquistas no setor educacional garantem a qualidade do ensino em todos os níveis, contando com uma extensa rede de estabelecimentos, desde os centros de educação infantil até cursos superiores. São 95 escolas municipais, 10 estaduais, 15 particulares, duas federais e dois complexos universitários.

Esporte & Natureza

Dos fatores essenciais para o desenvolvimento de uma cidade, com certeza a cultura não pode ficar de fora. Na administração iniciada em 2001, a cultura passou a ter grande importância. São realizados concursos municipais de poesia, música e teatro, além de festivais nacionais e estaduais. Desde 2001, já faz parte do calendário festivo da cidade o Festcol – Festival Nacional de Música – que conta com a participação de músicos de todo o país. A festa da cidade também é uma atração a parte, o evento ocorre sempre em agosto e conta com a organização do Departamento, que traz apresentação de artistas nacionais. A Secretaria também trabalha com o desafio de desenvolver e implementar políticas públicas de esporte e lazer, estabelecendo vínculo contínuo com a população, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e a conquista da cidadania . Para isso, são desenvolvidas Escolinhas de Esporte, oferecendo aulas de futebol de salão, handebol, voleibol , atletismo, natação e hidroginástica para a população. Integrando os moradores das comunidades, o Projeto Ruas de Lazer, oferece manhãs animadíssimas nos finais de semana, em vários bairros da cidade. Os jogos estudantis e campeonatos diversos também estão sempre presentes no calendário esportivo da cidade.

 

Informações da Noite

Bares, restaurantes oferecendo o melhor da culinária capixada. Além das boates em diversos bairros da cidade e os shows nacionais e regionais constantemente alegrando a cidade de Colatina.

 

Cultura & História

As florestas do Norte do Rio Doce continuavam despovoadas. A Vila de Colatina continuou crescendo. Tinha a sua padaria, sua escola, com a professora Andrelina Pereira, e o comércio prosperava. A Vila ganhava cada vez mais importância, principalmente a partir de 20 de dezembro de 1906 quando a Estrada de Ferro Diamantina, hoje Vitória a Minas, inaugurou a estação, e foi iniciada a comunicação direta com Vitória. A crescente vida econômica de Colatina abalou Linhares, tanto administrativa, quanto politicamente. Todo o comércio de grande parte de Minas Gerais e do Espírito Santo, que era feito em Linhares, passou a ser feito em Colatina. E aí é que surge um movimento em favor de Colatina, liderado pelo Coronel Alexandre Calmon, "o Professor Xandoca", que fez com que Colatina passasse a ser a sede do município, transportando todos os arquivos para Colatina. Em 1907, Colatina torna-se, legalmente, a sede do município, que anteriormente era Linhares. Colatina continuava como Vila, com a Câmara Municipal de Linhares e a sede da Comarca com todo o aparelhamento judiciário. Linhares continuava a ser a sede do município e da Comarca, apenas nominalmente. Toda a sua administração concentrava-se em Colatina. Com a Revolta do Professor Xandoca, parentes dele passaram a morar em Colatina, exercendo liderança política, como Virgínio Calmon Ferreira Fernandes, que foi o primeiro prefeito do município, em 1921, Xenócrates Calmon de Aguiar e Augusto Pedrinha Du Pin Calmon, pai do ex-senador colatinense João de Medeiros Calmon. A 30 de dezembro de 1921 foi criado o município de Colatina, separado de Linhares, com território que compreendia toda a área então pertencente ao município de Linhares. Linhares acabava de perder sua categoria de sede municipal, passando a ser Vila subordinada a Colatina. Só em 1945 é que Linhares foi desmembrado de Colatina. Mesmo o dia 30 de dezembro sendo o verdadeiro dia do aniversário de emancipação política do município de Colatina, as comemorações do aniversário do município acontecem no dia 22 de agosto, dia do aniversário de Linhares.